arrow_drop_down
Atenção com crianças, adolescentes e jovens!

Atenção com crianças, adolescentes e jovens!

O surto do novo coronavírus afetou não só a saúde mental dos adultos, mas também das crianças e dos adolescentes. É o que afirma o professor de Psiquiatria da Infância e Adolescência da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FM-USP), Guilherme Polanczyk.

“A pandemia, e todo o contexto que a acompanha [isolamento], têm gerado situação de estresse em crianças, adolescentes e adultos. Como as crianças e adolescentes são menos infectados e como, muitas vezes, o sofrimento deles fica mais desapercebido, eles tendem a ser mais negligenciados”, declarou o especialista.

Segundo o médico, sintomas como irritabilidade, mudanças de humor, insônia, dificuldade de concentração podem ser fáceis de se identificar em adultos, mas apresentam diversas nuances quando se trata de crianças e adolescentes.


Dicas:

Conversem sobre a COVID-19 com seus filhos de maneira honesta e apropriada para a idade deles.

Em tempos de estresse, é muito comum que busquem mais proximidade com os pais. Eles também percebem facilmente a energia do ambiente e das outras pessoas. Observam o comportamento e as emoções dos adultos em busca de dicas sobre como gerenciar as próprias emoções.

Mantenha a sua casa organizada e com ambiente tranquilo.

Coloque louvores, inunde a sua casa com a Presença do Senhor!
Desligue dos noticiários que só propagam trevas, fique atento apenas às noticias básicas para se manter informado.

Mais do que nunca, precisamos orar. 

A oração, a alegria e a fé são essenciais para o tratamento de doenças mentais.